in

Veja como a bancada cearense votou na segunda denúncia contra Temer na Câmara

22 deputados formam a bancada federal cearense na Câmara. Foto: Arquivo/ Divulgação

O plenário da Câmara dos Deputados barrou, na quarta-feira (25), o prosseguimento da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), por organização criminosa e obstrução de Justiça, e seus ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria da Presidência), pelo primeiro crime, por 251 votos a 233, com duas abstenções e 25 ausências.

Em relação à votação da primeira denúncia, em 2 de agosto, quando Temer foi acusado de corrupção passiva, o placar foi de 263 a 227, ou seja, 12 votos pró-Temer a menos, e seis a mais contra o presidente.

A ação penal fica suspensa até que Temer, Padilha e Moreira Franco deixem, respectivamente, a Presidência e os ministérios, quando deixam de ter foro privilegiado. Ou seja, os três peemedebistas estarão sob a mira da Justiça apenas a partir de 1º de janeiro de 2019, já sob a gestão do presidente eleito em outubro de 2014.

Ceará
Na bancada federal cearense, dez deputados votaram a favor do relatório e 11 contra. Apenas Adail Carneiro esteve ausente e Paulo Henrique Lustosa não está no exercício do mandato. Veja abaixo como votou a bancada cearense:

Não

  • André Figueiredo (PDT)
  • Ariosto Holanda (PDT)
  • Cabo Sabino (PR)
  • Chico Lopes (PCdoB)
  • José Airton (PT)
  • José Guimarães (PT)
  • Lêonidas Cristino (PDT)
  • Luizianne Lins (PT)
  • Odorico Monteiro (PSB)
  • Vicente Arruda (PDT)
  • Vitor Valim (PMDB)

Sim

  • Aníbal Gomes (PMDB)
  • Danilo Forte (PSB)
  • Domingos Neto (PSD)
  • Genecias Noronha (SD)
  • Gorete Pereira (PR)
  • Macedo (PP)
  • Moses Rodrigues (PMDB)
  • Raimundo Matos (PSDB)
  • Ronaldo Martins (PRB)
  • Vaidon (DEM)

Ausência

  • Adail Carneiro (PP)

Não está em exercício

  • Paulo Henrique Lustosa (PP)

Deixe uma resposta

GIPHY App Key not set. Please check settings