in

Cagece conclui manutenção da rede no açude Gavião

Maracanauences estocou água em baldes ou pediu emprestado de outras casas para o uso diário

A manutenção na Estação de Tratamento de Água do Gavião, que interrompeu temporariamente o funcionamento da estação, foi concluída por volta de 18 horas de ontem. A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) informou, por meio de sua assessoria de comunicação, que o abastecimento (liberação do fluxo de água para as tubulações) começou a ser normalizado ainda na noite de ontem. A previsão era que o o fornecimento completo fosse equilibrado durante a madrugada de hoje em algumas regiões.

Em dia sem água na Cidade, o fortalezense utilizou diversos meios para conseguir o líquido. Em vários bairros, a comunidade se abasteceu por meio de cisternas, armazenando água em baldes ou até mesmo pedindo emprestado. Foi o caso dos vizinhos de dona Lenita Magalhães, que mora no Antônio Bezerra. De acordo com ela, a vizinhança que já é amiga foi pedir para encher baldes ou, até mesmo, tomar banho. “Como eu tenho cisterna, não falta água, então os vizinhos vieram tomar banho aqui em casa.”, disse.

A dona de casa Telma Maria de Oliveira, também moradora do bairro, disse que a falta de água foi sentida já no início da manhã. Entretanto, ela afirmou que é comum o uso de cisternas na região, por conta da falta de água excessiva”.

No Quintino Cunha, o atendente Carlos Alberto Rocha foi à casa da irmã para se abastecer através de uma poço. “Tive que acordar às três horas para encher os baldes, porque sabia que ia falar água”, disse.

Percorremdo ainda os bairros Autran Nunes, Bom Sucesso e Jardim Guanabara. Todos estavam sem água. No último, uma família explicou que ao perceber que estava sem o líquido, começaram a encher os baldes que havia em casa com água que ainda restava na torneira. (Colaborou Lusiana Freire)

Deixe uma resposta

GIPHY App Key not set. Please check settings