in

Conferência de defesa da pessoa com deficiência

A Prefeitura de Maracanaú e o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência – CMDPA realizam, durante todo o dia de hoje, 23, a 2ª Conferência Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência. O evento acontece na Escola Profissionalizante Maria Carmem Vieira, no distrito de Pajuçara, com a presença de cerca de 200 pessoas.

O objetivo é discutir o tema “Um olhar através da convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência da ONU: Novas Perspectivas e Desafios”, tendo em vista a elaboração de um documento para subsidiar as discussões na 3ª Conferência Nacional. A Conferência Municipal prossegue até o final da tarde de hoje, 23, com apresentação das propostas e a escolha dos delegados.

O tema está sendo discutido em quatro diferentes eixos: 1-Educação, esporte, trabalho e reabilitação profissional, 2-Acessibilidade, comunicação, transporte e moradia, 3-Saúde, prevenção, reabilitação, órteses e próteses e 4-Segurança, acesso à justiça, padrão de vida e proteção social.

O conferencista Fábio Holanda, presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, disse que a conferência tem o papel fundamental de ouvir esse segmento, para adequar as leis municipais, estaduais e federais às necessidades de cada um. Segundo Holanda, esse é um processo de construção popular muito importante, pois algumas pessoas que necessitam de uma atenção especial não estão contempladas na lei.

Deixe uma resposta

GIPHY App Key not set. Please check settings