in

Irmão de Mução teria assumido ser o autor dos crimes de pedofilia, diz Polícia Federal

A Polícia Federal divulgou, na noite desta sexta-feira, 29, em Recife (PE), que o irmão do humorista e apresentador Rodrigo Vieira Emerenciano, conhecido por “Mução”, seria o autor dos crimes de pedofilia que levou o humorista à prisão nesta quinta-feira, 28. O rapaz, que não teve o nome divulgado, teria admitido em interrogatório que se passava pelo irmão humorista para ter acesso ao material de pedofilia.

“Além das senhas pessoais, o irmão do investigado admitiu que criou e-mails e perfis de usuários em nome daquele [Mução], através dos quais acessou, por diversas vezes e em diferentes ocasiões e localidades, programas de compartilhamento de dados usados para divulgação e troca de imagens contendo cenas de sexo explícito e pornográficas, como se o investigado fosse”, informou a Polícia à imprensa.

Mução foi levado, na manhã desta sexta-feira, à superintendência da Polícia Federal em Pernambuco. À noite, os advogados do humorista informaram que estavam de posse de um mandado de soltura de Rodrigo Emerenciano expedido pela 13ª vara da Justiça Federal em Pernambuco.

O humorista Mução foi preso, na manhã desta quinta-feira, em Fortaleza, acusado de divulgar pornografia pela Internet. Ele é alvo de investigação na operação de combate à pedofilia e pornografia infantil na Internet da Polícia Federal. O humorista apresenta um programa diário que é transmitido para vários estados. Além de Mução, outros dois suspeitos foram presos em flagrante.

Além de Rodrigo Emerenciano, outras duas pessoas foram presas durante o cumprimento de um mandado de prisão e quatro de busca e apreensão. Os outros dois suspeitos foram presos em flagrante durante as buscas nos imóveis investigados pela PF, onde policiais apreenderam dois HDs, diversos CDs e DVDs, além de tablets e notebooks para mais investigações.

 

O Povo

Deixe uma resposta

GIPHY App Key not set. Please check settings