Polícia identifica atirador de atentado em estúdio de ioga nos EUA

A polícia norte-americana identificou como Scott Paul Beierle, o homem que abriu fogo dentro de um estúdio de ioga em Tallahassee, na Flórida, EUA. O atentado deixou dois mortos e cinco feridos. O atirador se suicidou no local, segundo informa a agência EFE.

Notícias ao Minuto

As outras vítimas foram identificadas pela polícia como Nancy Van Vessem, de 61 anos, e Maura Binkley, de 21. As vítimas receberam atendimento mas acabaram morrendo em um hospital local devido a gravidade dos ferimentos.

Ainda de acordo com a polícia de Tallahassee, seis pessoas sofreram ferimentos de bala, duas delas morreram, e uma sétima foi golpeada com a arma.

+Maduro acusa EUA de dificultar a importação de alimentos e medicamentos

"Duas vítimas estão em condição estável e três receberam alta de um hospital local" informaram as autoridades locais na manhã deste sábado (3).

A polícia ouviu até o momento 40 testemunhas. O motivo do crime permanece um mistério.

"Nenhum ato de violência armada é aceitável" escreveu o prefeito da cidade, Andrew Gillum em seu perfil do Twitter. Ele interrompeu temporariamente a campanha eleitoral para dar uma "rápida resposta" das forças de segurança locais.

Deixe uma resposta

GIPHY App Key not set. Please check settings