in

Vereadores devem acompanhar de perto caso que envolve o vice-prefeito

A manifestação de protestos realizada em frente a Câmara Municipal de Maracanaú na manhã de segunda-feira (24.03), chamou à atenção dos vereadores da cidade, que reunidos com representantes dos manifestantes, assegurou que vai criar uma comissão para que a Câmara possa tomar medidas necessárias sobre o caso que envolve o Vice-Prefeito Carlos Bandeira, que também é Secretário de Infraestrutura do Município (e que ainda permanece no cargo), acusado de crimes de fraudes em licitação, lavagem de dinheiro, peculato e associação criminosa na Prefeitura.

Conforme o Ministério Público, a fraude envolve empresas do ramo de construção civil e é liderada pelo vice-prefeito que é secretário de infraestrutura desde a gestão anterior. A denúncia da promotoria revela que as construtoras combinavam quem deveria concorrer nas licitações. Quando uma deixava de disputar, a outra automaticamente herdava a obra.

A fraude começou em 2007 e segue, segundo as investigações, até agora. Quatro empresas aparecem no esquema.

Por: Francisco Marronzinho