in

Maracanaú recebe a terceira edição do Festival Nacional de Teatro de Rua do Ceará

O Festival Nacional de Teatro de Rua do Ceará chega, enfim, à sua terceira edição, que será realizada de 23 a 27 de novembro de 2016. Iniciado em 2013, o FNTR foi idealizado para acontecer em Maracanaú e em cidades da região metropolitana de Fortaleza, masfoi apenas na primeira edição que conseguiu realizar-se em outras cidades, como Pacatuba e Maranguape. O Festival continua graças à insistência e resistência dos grupos Garajal e Pavilhão da Magnólia, que juntos vêm construindo e atraindo parceiros para que o evento não deixe de acontecer.

Assim como na segunda edição em 2015, o evento vem esse ano com parcerias de dois festivais importantes do estado do Ceará, o Festival Popular de Teatro de Fortaleza (FEPTEF), realizado pela Cia Prisma de Artes e que chega à sua sétima edição, e o internacional Festival de Circo, Bonecos e Artes de Rua dos Inhamuns realizado pelo Grupo Art Jucá da cidade de Arneiroz (CE).

A novidade do ano de 2016 foi que, desde o início da produção para essa edição, todas as atividades dos três festivais foram pensadas e realizadas conjuntamente, no sentido de criar uma articulação e uma série de ações cooperadas para potencializar as atividades e minimizar os custos diante da crise que vivem todos os festivais de artes cênicas do Brasil. Nesse ano, contamos mais uma vez com o importante apoio cultural da Secretária da Cultura do Ceará – SecultCe, através do Edital de Demanda Espontânea.

Assim, conseguiremos, em duas semanas, realizar três festivais e movimentar toda uma cadeia de artistas e técnicos, garantindo uma agenda cultural pulsante para a cena teatral do país. A escolha dos grupos para essa edição se deu partir de inscrições realizadas pela plataforma lançada pelo FEPTEF, por convites e parcerias através de uma curadoria executada pelos dois grupos realizadores. Dessa forma, segue lista com a programação do III Festival Nacional de Teatro de Rua do Ceará.

Com uma Mostra de espetáculos, shows, performances,oficinas e seminário, a terceira edição do FNTRUA-CEtem como objetivo valorizar os artistas e reconhecer o espaço aberto como local de criação, expressão e encontro. Além disso, pretende fortalecer a ideia de levar apresentações gratuitas à população e garantir a permanência do FNTRUA-CE no circuito nacional de festivais, mostrando ao grande público as maiores referências do Teatro de Rua do Ceará, do Brasil e da América Latina. Com foco no intercâmbio de grupos e coletivos de rua, o festival oferece uma programação diversificada, visando estimular um novo olhar sobre o Teatro de Rua local e nacional, pensando também nas suas responsabilidades com os espaços abertos das cidades. Até aqui, já passaram grupos de Goiânia-GO, São Paulo-SP, Londrina-PR, Fortaleza-CE, Itapipoca-CE, Quixeré-CE e Rosário-Argentina.

Nesta edição, receberemos três grupos nacionais, Grupo Ueba (RS), Cia Pão Doce de Teatro (RN) e Cirquinho do Revirado (SC). Cinco grupos cearenses, Nóis de TeatroColetivo Rei LealOs Pícaros Incorrigíveis eSilvia Moura (Fortaleza/CE) eArt Jucá (Arneiroz/CE) e uma coprodução internacional: Los Patos Mojados e Dona Zefinha (ARG/CE). A programação acontece na Praça do CDL e Calçadão do Jereissati, na Praça Valdemar de Alcântara (na Avenida Central) e na sede do Grupo Garajal, de 23 a 26 de novembro.

No dia 27, a conexão Fortaleza chega ao Centro, na Praça José Bonifácio e naCena Casarão, sede do Grupo Pavilhão da Magnólia. O Teatro de Caretas, Cia Prisma de Artes(Fortaleza/CE) e Grupo Garajal (Maracanaú/CE) são os grupos que se apresentam.

SERVIÇO: 

III Festival Nacional de Teatro de Rua do Ceará – FNTRUACE

De 23 a 26 de novembro, em Maracanaú – Praça do CDL e Calçadão do Jereissati, 

Praça Valdemar de Alcântara na Av Central e sede do Grupo Garajal.

Dia 27 de novembro,em Fortaleza – Praça José Bonifácio e Cena Casarão.

Programação Gratuita 

Informações Gerais: fntruaceara@gmail.com

Jota Junior Santos (Comunicação): 85 98819 5646/ 85 99690 7906

Endereços:

·         Praça CDL 

Av. III – Jeireissati I – Maracanaú-CE

·         Praça Waldemar de Alcantâra

Av. Central – Jereissati I – Maracanaú-CE

·         Calçadão 

Av. Sen. Carlos Jereissati, S/N – Maracanaú-CE

·         Sitio Mãe Sília

Rua José FcoAraujo – Maracanaú-CE

·         Sede Garajal

Rua 18, No. 119 – Jereissati I – Maracanaú-CE

·         Praça José Bonifácio

Rua Antonio Pompeu, S/N – Fortaleza-CE

·         Cena Casarão

Rua Floriano Peixoto No. 1437- Centro – Fortaleza-CE

Programação Completa:

 Dia 23/11 (quarta)

Praça CDL –  Jereissati

16h30Urubus

Grupo Pavilhão da Magnólia e Cia Prisma de Artes (CE)

Transpirado do texto O Palácio dos Urubus, de Ricardo Meirelles, devorando sua problemática poética-política, assumimos aqui uma ação para o nosso tempo, uma espécie de agitprop da perplexidade.Esta peça quer pensar o insidioso e estúpido ódio atual. Sejam bem-vindos à corte real! Mas saibam de uma vez que: O rei morreu!!!

 Sede do Grupo Garajal

19h: Cerimônia de Abertura do Festival

20h: Lançamento dos livros:

–  “Teatro de Rua – Discursos, Pensamento e Memórias em Rede” Organização: Vanéssia Gomes (CE), LickoTurle, Jussara Trindade (RJ)

– “Artes da Enganação”deOrlângelo Leal (CE)

21h – Coquetel + Forró com Fulô da Terra 

 Dia 24/11 (quinta)

 Sede do Grupo Garajal

10h: Seminário/Roda de Conversa com Fernando Yamamoto (RN), Hector Briones (CHI – CE), Vanéssia Gomes (CE) e Orlângelo Leal (CE)

 Praça Waldemar de Alcantâra

19h: As aventuras do Fusca a Vela – Grupo Ueba (RS)  

O velho Ismael conta e experimenta sua história através do seu fusca, transformando o carro em uma embarcação, conduzindo o espectador a viajar com seus devaneios. Delírios de um homem experiente que viu de perto a fúria de uma vingança. O jovem Jonas, nome inspirado no profeta Jonas que foi engolido pela baleia, entra na história ao jogar uma bola contra o fusca e assim chamar a atenção do velho Ismael.

 20h: Da Silva: El Hijo de las Americas – Patos Mojados e Dona Zefinha (ARG/CE) 

A peça conta a história de Juan Perez Da Silva, que, cansado de sua rotina de trabalhar como escravo para o Dono da Grana, decide sair do emprego, largar seu lugar de conforto que o aprisiona, para tentar compreender o sentido da vida. No caminho, encontra vários personagens da cultura popular latino-americana, ícones, mártires e mitos, que vão aos poucos mostrando a verdadeira história jamais contada, dando-lhes conselhos e saberes que serão úteis na jornada.

 Sede do Grupo Garajal

22h: Garajal de Portão Aberto

Trupe Carrapicho (CE) / Coletivo Paralelo (CE) /Os Dezequilibrados (CE)

Um convite para adentrar a sede do Grupo Garajal, projeto que recebe artistas, coletivos e público numa celebração que conta com apresentação de gags, números, narrativas e jogos cômicos,numa noite voltada para a palhaçaria de Maracanaú;

 Dia 25/11 (sexta)

 

Sítio Mãe Sília 

10h: Vivência/intercâmbio 

 Calçadão

17h: Corpo Lixo e Cidade – Silvia Moura (CE)

Cato LIXO na CIDADE e os transformo em CORPO para não fazer do CORPO mais um LIXO, construo a CIDADE. Corpo-lixo-cidade é uma interferência que habita e redesenha pessoas e arquiteturas das cidades. Um trajeto urbano traçado pelas relações da performer com o lixo encontrado que faz da CIDADE uma permanência para não deixar o CORPO virar LIXO.

 Praça Waldemar de Alcantâra

18h: A Farsa da Cuviteiro – Art Jucá (CE) 

Em Olinda, reino de Baco a beira do mar, a mulher mais bela do mundo sai uma única vez por ano à janela durante o carnaval – e canta. A oeste dali nosInhamuns, uma légua de onde Judas perdeu suas botas, um Jovem-Senhor-Conde padece de amores por ela – e chora. Uma junta dos melhores médicos do mundo dá por perdida a causa. Então, entra na estória o cabinha mais traquina de nossa cultura popular: Malazartes!

 19h: A Casatória c’a Defunta – Cia Pão Doce (RN)

De modo lúdico e divertido, a peça conta as peripécias de quem já partiu desta vida para uma melhor e dos que ainda respiram por esses ares. Cinco atores em “pés-de-banco” levam a magia para as ruas a partir da história do medroso Afrânio, que está prestes a casar-se com a romântica Maria Flor, mas acidentalmente casa-se com a fantasmagórica Moça de Branco, que o conduz para o submundo. Lá, o jovem fará valorosos amigos e aprenderá uma grande lição. Mesmo assim, Afrânio está disposto a não desistir do seu amor verdadeiro, ainda que isso lhe custe à própria vida.

20h: Todo Camburão tem um pouco de navio negreiro – Nóis de Teatro (CE) 

Dividido em três atos, o espetáculo conta a história de Natanael, um “anti-herói” que nasce na periferia, vive inserido num sistema de opressão e violência e, aos 18 anos, resolve entrar para a polícia militar. Trata-se de uma dramaturgia épica, na qual o ator-narrador é o grande foco, numa espécie de “tragédia afro”, com elementos alegóricos e representativos do universo do movimento negro no Brasil e no mundo, além de múltiplas referências à mitologia dos Orixás.

Sede do Grupo Garajal

22h: Garajal de Portão Aberto

Caixa de Sapatos – Retalhos Produções

Festa do Karaokê

 Dia 26 (sábado)

 Praça Waldemar de Alcantâra

19h: Júlia – Cirquinho do Revirado (SC)

Júlia, uma mulher das ruas, vem chegando. Palheta, seu fiel escudeiro, é quem a conduz. Na bagagem, coisas do mundo, coisas da vida, tantas coisas. Entre realidade e ilusão há uma linha muito tênue, onde uma mulher sem pernas seria capaz de rodopiar. Esta dupla errante gira o mundo ou é o mundo quem os gira? Excluídos pelos excluídos, dizendo-se donos dos restos de um circo incendiado, Júlia e Palheta “se viram”. Não é fácil ter pernas!

 20h: O Auto do Rei Leal – Coletivo Rei Leal (CE)

A partir da obra de William Shakespeare, conta a história do cego Leal que, cansado de suas obrigações, decide dividir seu reino com as três filhas. A partir daí, desenrolam-se situações cômicas e trágicas, com ingredientes regionais.

 Encerramento – Sede Grupo Garajal

21h: Devorando Heróis – A tragédia segundo os Pícaros –  Os Pícaros Incorrigíveis (CE)

No melhor espírito carnavalesco, a montagem/ folia teatral encena as trágicas histórias de dois heróis da Grécia Antiga: Prometeu e Ájax. 

 

22h: Show – A Mulher Barbada e Os Caixeiros Viajantes (CE)